terça-feira, 5 de novembro de 2013

Retratos da "Nápoles Milionária" Nº3 | Constança Lopes (Assunta)



Retratos da "Nápoles Milionária" Nº3
Constança Lopes (Assunta)

Tiveste alguma experiência em teatro anteriormente ou é a primeira vez? 
Apesar de já ter experiência em palco noutro tipo de área, no que toca ao teatro, a minha experiência foi com a peça "Um Marido Ideal" também encenada por Frederico Corado. Desde então que tenho continuado e que o meu gosto pelo teatro tem aumentado.

O que te levou a participar nas Audições para “Nápoles Milionária”?
Queria repetir as experiências que já tinha tido. Pretendia também aumentar a minha experiência e com ela ganhar alguns conhecimentos. Para além do gosto pelo teatro e pela arte de representar o convívio é muito agradável e apesar de estarmos a "trabalhar", temos também momentos de lazer.

Fala-nos da tua personagem.
A Assunta é uma jovem viúva com algumas dúvidas. Apesar de muito simpática, é muito histérica. A sua atitude apesar de inocente é muito inconveniente o que acaba por torná-la muito divertida. 

Como têm sido esta experiência?
Tem sido óptimo, era o tipo de personagem que eu sempre quis fazer. Apesar de tudo tem sido um desafio!

Fala-nos desta "Nápoles Milionária"?
Esta "Nápoles Milionária" acaba por retratar uma altura, que apesar de ser de guerra, se identifica muito com a situação actual do nosso país. Temos as situações morais e a lei da sobrevivência que parecem predominar. Mesmo tentando viver numa sociedade civilizada, tudo se torna mais difícil quando a escassez é muita.
Apesar de tudo, no fim tudo parece estabilizar.

Pensas que a peça será bem recebida pelo público do Cartaxo?
Creio que sim. Acho que o público de uma forma geral recebe bem este tipo de teatro, e sobretudo tendo em conta a altura em que vivemos acho que as pessoas querem ver sobretudo comédias. É também um grande conforto sabermos qual é o tipo de público, e que nos são pessoas carinhosas.

De futuro, caso surgisse uma nova oportunidade de estar em palco, aceitarias?
Aceitaria, sem dúvida. Se tiver oportunidade, vou continuar a fazê-lo!

Nápoles Milionária é uma peça de Eduardo De Filippo, encenada por Frederico Corado em cena no Centro Cultural do Cartaxo de 14 a 17 de Novembro numa produção Área de Serviço com a Mosaico e o apoio da Câmara Municipal do Cartaxo 
Foto de Vitor Neno (alterada) 

Sem comentários:

Enviar um comentário